General pede prisão de ministros do STF: “Não tem negociação com quem se vendeu para o mecanismo”



General pede prisão de ministros do STF: “Não tem negociação com quem se vendeu para o mecanismo

20/11/2018   DIÁRIO DO BRASIL


Eleito deputado federal pelo Rio Grande do Norte, o General de brigada da reserva Eliéser Girão defende o afastamento e prisão de ministros do STF.
Girão quer o impeachment de ministros da Suprema Corte que foram responsáveis pela libertação de políticos corruptos, como o ex-ministro José Dirceu e os ex-governadores Beto Richa (Paraná) e Marconi Perillo (Goiás):
“O impeachment de vários ministros será um plano de moralização das instituições da República”. argumenta o general.
Pelo twitter, Girão declarou que o Senado Federal deve fazer a parte dele:
“Não tem negociação com quem se vendeu para o mecanismo … destituição e prisão … o senado tem que fazer sua parte” 
Para o jornal Estadão, o deputado eleito explicou que o “Brasil é um país onde a lei tem de ser respeitada por todos”
O militar também comentou sobre as recentes decisões de Gilmar Mendes:
“Aí o cara é solto pelo ministro do Supremo. E você sabe que ele não manda soltar por acaso”
Girão encerra dizendo que também defende que as invasões de terras promovidas pelos MST sejam classificadas como crime de “terrorismo”:
“O Stédile (líder do MST) foi recebido por Lula no Planalto e advogou a desobediência civil. Se eu estivesse lá, dava voz de prisão para esse cara.”

DIÁRIO DO BRASIL

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.