‘No mínimo 30% a gente vai cortar’, diz Bolsonaro sobre cargos comissionados



‘No mínimo 30% a gente vai cortar’, diz Bolsonaro sobre cargos comissionados

JOVEM PAN

"Pretendemos diminuir enquanto há gente comprometida com outros valores lá dentro", disse

Na entrevista coletiva concedida na tarde desta terça-feira (13), o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) disse que pretende reduzir em pelo menos 30% o número de cargos comissionados no Executivo. De acordo com ele, esses servidores são importantes para os trabalhos, mas há certo “exagero” na quantidade.
“No mínimo 30% a gente vai cortar, no mínimo”, afirmou. “Eu fui deputado e vereador por 30 anos com comissionados do meu lado. Eles são importantes. Mas eu concordo que há um exagero no número de comissionados nos ministérios. Pretendemos diminuir enquanto há gente comprometida com outros valores lá dentro”, completou.
Na mesma entrevista, realizada no Superior Tribunal Militar em Brasília, Bolsonaro confirmou que pretende fundir o Ministério do Trabalho com outra pasta. Ele não revelou, no entanto, qual pasta será essa e nem qual é o nome cotado para assumi-la.
“Não sei qual vai ser. O Onyx [Lorenzoni] está fazendo um estudo final. Temos tempo para definir. Ninguém está menosprezando o Trabalho, ele apenas está sendo absolvido por outra pasta. Indústria e Comércio já será subordinada ao Paulo Guedes, botar mais um para ele talvez fique pesado. Não sei. Mas vai continuar com status de ministério, não vai ser secretaria”, declarou.
Ao explicar como a fusão será feita, o presidente eleito citou mais uma vez o Ministério de Indústria e Comércio. “Vai ser desse jeito. ‘Ministério disso e disso’. Tudo junto”, pontuou. “A ordem dos fatores não altera o produto”, brincou em seguida.
JOVEM PAN

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.