Polícia Militar Ambiental divulga Balanço Parcial da Operação Piracema



Polícia Militar Ambiental divulga Balanço Parcial da Operação Piracema



A Operação Piracema realizada na região de Marília neste último final de semana resultou na apreensão de 2 armas de fogo, cerca de 123 metros de redes ilegais, equipamentos de pesca proibidos, peixes, gerando a prisão de 2 pessoas em flagrante delito e multas que juntas somam mais de R$ 2.200,00.



86 ações de Policiamento aconteceram por terra e pelos rios por toda a região. As irregularidades e o desrespeito ao período de piracema foram flagrados nos municípios de Parapuã, Maracaí, Paraguaçu Paulista, Chavantes, Florínea e Palmital.



Pesca em locais proibidos e o uso ilegal de redes foram as principais irregularidades. Nas Represas da UHE Capivara e UHE em Canoas III, além dos infratores realizarem pesca irregular também foram flagrados com porte ilegal de arma de fogo e conduzidos em flagrante delito.



As restrições da pesca durante a Piracema tem como objetivo garantir a reprodução das espécies de peixes, e valem até o dia 28 de fevereiro de 2019, para saber as regras acesse bit.ly/piracema2018.



Para denunciar acesse: bit.ly/DenuncieAmbientalA Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3592.1200 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.



Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.