Saúde e Educação se unem em ação do programa “Ourinhos em Guerra Contra o Escorpião”


FAÇA TAMBÉM A SUA PARTE

         Saúde e Educação se unem em ação do programa “Ourinhos em Guerra Contra o Escorpião”



         As Secretarias Municipais da Saúde e Educação uniram forças para desenvolver ações do programa “Ourinhos em Guerra Contra o Escorpião”, lançado pela Prefeitura para esclarecer a população sobre as medidas que podem ser tomadas para evitar o aparecimento do animal peçonhento. Nas próximas semanas servidores da Secretaria da Saúde iniciam a capacitação de professores da rede municipal de ensino que ficarão responsáveis por repassar aos alunos as informações de prevenção e extermínio dos escorpiões. O objetivo é fazer com que tanto os docentes, quanto os estudantes se tornem agentes multiplicadores das medidas preventivas, nos mesmos moldes como já ocorre nas campanhas contra a Dengue.

         A campanha “Ourinhos em Guerra Contra o Escorpião” terá apoio do Núcleo de Controle de Vetores da Secretaria Municipal da Saúde, que está elaborando um plano de enfrentamento aos escorpiões junto com todas as Secretarias Municipais. O objetivo é trabalhar em conjunto por meio de palestras educativas e conscientização dos servidores públicos para que sirvam de agentes multiplicadores. O mesmo será feito nas escolas e empresas de Ourinhos. Quanto mais pessoas souberem dos meios de prevenção e combate aos escorpiões, mais efetiva será a campanha.

         “Nós orientamos a população a manter os quintais limpos e livres de entulhos. Evitar acumular lixo para não atrair baratas – principal alimento do escorpião – tapar os ralos e vedar a base das portas também são medidas importantes, assim como verificar os calçados e as roupas antes de vestí-los”, orienta Robert da Costa Ribeiro, Agente de Combate a Endemias da Prefeitura de Ourinhos.

         Segundo ele, a pessoa que encontrar um escorpião dentro da residência deve tentar matar o animal da forma mais segura possível e entrar em contato com o Núcleo de Controle de Vetores, pelo telefone 3326-9323.

         Especialistas alertam que terrenos com mato alto e entulho podem abrigar o animal. Manter a residência limpa é uma das principais formas de evitar o aparecimento do escorpião que, em alguns municípios está prestes a se tornar uma epidemia. Cidades da região noroeste e centro sul do Estado de São Paulo registram infestação de escorpiões. Há relatos em Araçatuba - onde mais de 500 pessoas já foram picadas este ano – Andradina, São José do Rio Preto, Bauru e Garça.

         Em Ourinhos, a Prefeitura irá intensificar as ações de combate, inclusive com uma dedetização de controle por toda a cidade. Os terrenos públicos estão sendo capinados e limpos. Os proprietários de imóveis particulares abandonados ou que ainda não foram roçados, estão sendo notificados e podem ser multados caso não deixem suas propriedades em ordem. As galhadas também são recolhidas por funcionários municipais e levadas para locais adequados. 

Além disso, a Prefeitura está retirando entulhos dos bueiros e da rede de esgoto e uma grande dedetização já está sendo programada para eliminar possíveis focos de escorpiões.

         No entanto, apenas o esforço do município não garante o controle dos animais peçonhentos. A Prefeitura de Ourinhos solicita o apoio da população para manter os terrenos e residências limpos. Denúncias de despejo ilegal de lixo e entulhos, assim como terrenos abandonados podem ser feitas pelos telefones 0800-770-0342 ou 3302-4100.

         “Nós queremos que a população se conscientize e passe adiante as medidas necessárias para evitar o aparecimento dos escorpiões. Manter os quintais limpos, os terrenos roçados e livres de entulho são medidas essenciais. A Prefeitura de Ourinhos está fazendo a parte dela, mas precisa do apoio da população para evitar males maiores”, declara o Prefeito Lucas Pocay.


Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.