Inquérito apura origem de R$ 400 mil achados em casa de João de Deus

Inquérito apura origem de R$ 400 mil achados em casa de João de Deus
METRÓPOLES

Igo Estrela/Metrópoles

O dinheiro estava dividido em notas de euro, dólar, libra, peso e real e parte foi achada em fundo falso de armário

Enviadas especiais a Goiânia (GO) — A Polícia Civil de Goiás quer saber da origem dos R$ 400 mil encontrados na casa de João Teixeira de Faria, o João de Deus, em Abadiânia (GO), no Entorno do Distrito Federal. De acordo com o delegado-geral da corporação, André Fernandes, foi aberto um inquérito para apurar de onde veio vultosa quantia.
Em outro inquérito, será investigada a posse ilegal de arma. Todas as investigações são conduzidas pela força-tarefa criada para apurar as denúncias contra o médium, que conta com o apoio do Laboratório de Combate à Lavagem de Dinheiro da PCGO.
Segundo o delegado-geral, o inquérito principal, que foca as denúncias de abuso sexual, deve ser finalizado nessa quinta-feira (20/12). “As demais investigações não estão paradas, mas a prioridade são os abusos. O inquérito que fundamenta a prisão do médium, com o depoimento de uma vítima, será concluído em breve e encaminhado à Justiça”, explicou André Fernandes.
Além dos R$ 400 mil, a Polícia Civil de Goiás encontrou cinco armas, um simulacro e munição na casa do médium João de Deus. O dinheiro estava dividido em notas de euro, dólar, libra, peso e real. As buscas e apreensões foram realizadas na tarde de terça-feira (18). Parte do montante foi localizada em fundo falso de um guarda-roupa no quarto do líder espiritual. O armamento estava espalhado em diversos cômodos.
“A gente não descarta que seja dinheiro de doação, dinheiro de viagem. O normal é a pessoa não deixar essa quantidade toda em casa”, disse a delegada Karla Fernandes Guimarães, da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic).
Veja vídeos:
Os policiais encontraram um revólver calibre 38, dois calibre 32, uma pistola 380, uma garrucha e um simulacro. “Não sabemos o motivo de ele manter esse armamento e essa quantia em dinheiro em sua residência”, disse André Fernandes. As armas, a princípio, não possuem registro. A garrucha está inclusive com numeração raspada. Todo o material foi levado para perícia.
Além da residência do religioso, buscas foram realizadas na Casa Dom Inácio de Loyola, onde o líder espiritual atende seus seguidores fiéis. O médium está preso preventivamente, acusado de cometer abusos sexuais contra mulheres.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.