‘Quase matou meu menino’, diz pai de bebê atacado por macaco em Ourinhos



‘Quase matou meu menino’, diz pai de bebê atacado por macaco em Ourinhos

Menino foi atacado por um macaco em Ourinhos e precisou receber 20 pontos para fechar os cortes no braço, no rosto e na cabeça — Foto: TV TEM / Reprodução
Menino foi atacado por um macaco em Ourinhos e precisou receber 20 pontos para fechar os cortes no braço, no rosto e na cabeça — Foto: TV TEM / Reprodução

Menino estava com a família em uma chácara para comemorar o Natal. Criança foi mordida na cabeça, no rosto e nos braços e precisou de 20 pontos para fechar os cortes.


Por G1 Bauru e Marília*   29/12/2018

O pai do menino que foi atacado por um macaco em uma chácara em Ourinhos (SP) no dia de Natal, na última terça-feira (25), contou que a criança estava cerca de 3 metros de distância dele quando o animal surgiu do nada, após pular de uma árvore.

“Ele estava próximo dessa árvore esperando a gente para irmos embora já da chácara quando o macaco veio para cima dele. Mordeu a cabeça dele, os braços, se não fosse meu cunhado dar um chute nele, ele teria matado meu filho. Quase matou meu menino”, desabafa o borracheiro Deivison Jamil da Silva.


Pai viu o momento que o macaco desceu da árvore e começou a morder o bebê em Ourinhos — Foto: TV TEM / Reprodução


A família estava no local para comemorar o natal e segundo eles o macaco seria de um homem que dono de uma madeireira que fica próxima às chácaras. Deivison conta que registrou um boletim de ocorrência e acionou o policiamento, no entanto, a Polícia Ambiental não pode fazer o resgate do animal.


“Nós acionamos os policiais, mais eles informaram que como é um macaco que não vive em cativeiro, eles não poderiam fazer o resgate”, afirma o pai da criança.


Arthur Miguel foi socorrido e levado para a Santa Casa de Ourinhos. Ele precisou receber 20 pontos para fechar os cortes em um dos braços, no rosto e na cabeça. O menino recebeu alta na sexta-feira (28) após passar por todos os procedimentos médicos.


Bebê recebeu 20 pontos para fechar os cortes nos braços e na cabeça — Foto: TV TEM / Reprodução

G1

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.