Seis suspeitos de ataque a bancos em Ibiraiaras são mortos em confronto com a polícia



Seis suspeitos de ataque a bancos em Ibiraiaras são mortos em confronto com a polícia


Criminosos fazem cordão humano durante assalto a agências bancárias e lotérica em Ibiraiaras — Foto: Julio Cesar Stella/Arquivo pessoal

Assaltos a agências bancárias e lotérica aconteceram na tarde desta segunda-feira (3). Rodrigo Mocelin da Silva, de 37 anos, gerente do Banco do Brasil, foi morto após ser rendido.Por Débora Padilha, RBS TV
03/12/2018     G1

Seis suspeitos de ataque a bancos em Ibiraiaras, no Norte do Rio Grande do Sul, foram mortos em confronto com a polícia nesta segunda-feira (3), conforme a Brigada Militar (BM). Um homem, que teria ajudado na fuga, foi preso, e três veículos foram apreendidos. A polícia ainda segue as buscas para localizar outros dois suspeitos. O cerco envolveu 60 policiais.

A ação dos bandidos aconteceu na tarde desta segunda. Por volta das 13h30, duas agências bancárias e uma lotérica foram assaltadas, quase de forma simultânea. De acordo com a prefeitura, os assaltantes obrigaram reféns a formarem um cordão humano na rua onde ficam os três estabelecimentos atacados.

Segundo a BM, um bancário que foi levado pelos criminosos durante a fuga morreu após levar um tiro. A vítima foi identificada como Rodrigo Mocelin da Silva, de 37 anos, gerente do Banco do Brasil. Por meio de nota, o banco lamentou a morte, disse prestar amparo à família de Rodrigo, e também afirmou que cumpre as exigências legais relativas à segurança. A agência ficará fechada "pelos próximos dias", diz o texto. Leia a nota abaixo.

A Brigada Militar localizou suspeitos na zona rural da cidade, onde houve disparos. A vítima do crime foi localizada, ainda com vida, dentro de um automóvel que havia sido abandonado. O Hospital Municipal São José de Ibiraiaras confirmou a morte do bancário. Ele chegou à instituição com parada cardíaca, após ter levado um tiro. Os médicos tentaram reanimá-lo, sem sucesso.

Crime semelhante em maio
Outro roubo já havia sido registrado nos mesmos estabelecimentos, conforme lembrou o secretário municipal de administração, Sérgio Baldasso. "Percebemos que foi a mesma sistemática que já aconteceu em maio. Os assaltantes chegam abordando, retiram clientes da agência, formam cordão humano, levaram alguns reféns e já saíram em direção estrada de chão para a ERS-470, que liga a cidade a Lagoa Vermelha", disse.


Nota do Banco do Brasil

"O Banco do Brasil lamenta profundamente a perda do funcionário Rodrigo Mocelin da Silva, vítima de ação criminosa no início da tarde desta segunda-feira (3). O BB presta toda assessoria e amparo à família do gerente e aos demais funcionários da agência. A unidade do BB em Ibiraiaras permanecerá fechada pelos próximos dias.


O BB cumpre exigências legais relativas a equipamentos e procedimentos de segurança previstas na legislação para agências bancárias. Para impedir as investidas criminosas, faz-se necessário investimentos no aparato de Segurança Pública, especialmente em cidades de pequeno porte, localizadas no interior dos estados."


Assalto em Três Palmeiras



Criminosos fizeram cordão humano durante ataque à agência — Foto: Luidy Lazzarotto Roncalio/Prefeitura de Três Palmeiras

A agência bancária do Sicredi, em Três Palmeiras, também no Norte do RS, foi outro alvo de criminosos nesta segunda-feira (3). Cinco assaltantes encapuzados teriam feito cordão humano com clientes e funcionários, e espalhado pregos retorcidos pelas ruas da cidade. O grupo fugiu levando o segurança como refém, que foi liberado pelos criminosos sem ferimentos.

G1

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.