Homens temem mais impotência sexual do que câncer, aponta pesquisa


Em ataque, bandidos explodem carro-forte em rodovia que cruza o DF


Moro anuncia Secretaria de Operações Policiais Integradas

26/11/2018
Moro anuncia Secretaria de Operações Policiais Integradas
BAHIA.BA
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Medida contraria discurso de redução da máquina pública defendida pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL)

Ainda com o discurso de redução da máquina pública defendida pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), o futuro ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, anunciou, nesta segunda-feira (26), a criação de mais uma secretaria.
A pasta será para Operações Policiais Integradas, com objetivo de articular ações policiais entre o governo federal e os estados.
Moro convidou para comandar a pasta o delegado da Polícia Federal Rosalvo Ferreira Franco, que foi o superintendente da Polícia Federal (PF) no Paraná por duas vezes, incluindo o auge da Operação Lava Jato, entre 2013 e 2017.
“A ideia da secretaria é poder coordenar operações policiais a nível nacional. Hoje nós temos muitos grupos e atividades criminosas que transcendem as fronteiras estaduais e essa ação precisa, muitas vezes, de uma coordenação a nível nacional. Isso já é feito, de certa maneira, dentro do Ministério da Segurança Pública, mas a criação de uma secretaria específica pra isso é de todo oportuno, na nossa avaliação”, disse o ex-juiz federal, segundo a Agência Brasil.
Para comandar o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Moro anunciou a indicação do também delegado da Polícia Federal Fabiano Bordignon, delegado-chefe da PF em Foz do Iguaçu (PR).
“É uma função estratégia, nós todos sabemos que os presídios, no Brasil, hoje constituem uma espécie de problema, devido a questão de superlotação e fragilidade de certos presídios”, declarou o futuro ministro, que também lembrou da atuação de organizações criminosas dentro das prisões e destacou ressaltou a experiência do delegado na administração penitenciária.
BAHIA.BA

Temer sanciona aumento para ministros do STF e fim do auxilio-moradia


Concurso tem salário de R$ 6 mil na Grande Curitiba

Registro Espúrio: Roberto Jefferson e outros 19 acusados viram réus


Desembargadores do Órgão Especial decidem manter Claudio Lopes preso

Quadrilha com mais de 100 homens causa madrugada de terror em cidade do Maranhão


Polícia Militar Ambiental divulga Balanço Parcial da Operação Piracema


POR DENTRO DO CARTEL DOS IMPLANTES


Gaeco prende prefeito, secretário e sete vereadores de Ladário por suposto esquema de mensalinho

Alunos de Etec de Franca criam pingente que auxilia idosos


Cinco policiais militares são presos por exigir vantagem indevida e cárcere privado

Procuradora rebate defesa de Lula citando ‘provas materiais’: ‘Não foi uma simples doação graciosa’


OURINHOS........ 100 ANOS DE HISTÓRIAS, CONQUISTAS E GLÓRIAS

Contas inativas do FGTS ficarão disponíveis para saques nos bancos até dezembro


Grupo Teatral Panela de Expressão faz apresentação aos reeducandos do Centro de Ressocialização


A verdade e a mentira sobre o reajuste dos ministros do STF

As primeiras medidas de Moro contra o crime


Alvos da Lava Jato pressionam Câmara a votar mudanças na lei, e Moro reage

ESCOLA SEM PARTIDO: Entenda o projeto que já foi defendido pelo ministro da Educação nomeado por Bolsonaro