Bombeiros do Paraná vão a Minas Gerais para ajudar nos trabalhos em Brumadinho

Bombeiros do Paraná vão a Minas Gerais para ajudar nos trabalhos em Brumadinho

TRIBUNA

Foto: Wilson Junior/Estadão.

Três bombeiros do Paraná, considerados “altamente qualificados”, foram enviados ao Estado de Minas Gerais, na noite deste domingo (27), para atuar nos trabalhos de resgate na região de Brumadinho, após o rompimento de uma barragem da mineradora Vale, na última sexta-feira (25). De acordo com informações do Governo do Paraná, em um primeiro momento, os bombeiros, que pertencem ao Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost), vão fazer levantamento de informações e preparar as atividades das forças paranaenses para futura convocação da Defesa Civil de Minas Gerais para reforçar as buscas por sobreviventes.
“A equipe precursora enviada servirá como ‘ponta de lança’ e os militares serão a ligação caso sejamos demandados a colaborar nas buscas às vítimas. Quando isso ocorrer, eles já terão conhecimento da dinâmica local para orientarem os demais militares que por ventura sejam enviados para apoiar os bravos bombeiros daquela localidade”, afirmou o secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná, Luiz Felipe Carbonell, que fez um acordo para o envio da equipe com o Secretário de Segurança de Minas Gerais, general Mario Lucio Alves de Araújo.
O deslocamento e a logística dos bombeiros estão sendo custeados pelo Paraná. A equipe viajou de viatura Auto Busca e Salvamento (ABS), tipo pick-up, tração 4×4, que é ideal para o tipo de terreno que vão enfrentar.

Qualificação

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Samuel Prestes, o Paraná possui uma equipe altamente qualificada e com experiência neste tipo de operação. “Já trabalhamos em auxílio ao Estado de Santa Catarina no episódio ocorrido em Itajaí em 2008 [deslizamento de terra] e também em auxílio ao Estado de Piauí, no rompimento da Represa de Algodões”, relembrou.
Entre os bombeiros enviados neste domingo para Minas, estão o comandante do Gost, capitão Daniel Lorenzetto; o chefe de Operações Terrestres do Gost, tenente Luiz Henrique Vojciechovski; e o sargento Guilherme Berwanger, especialista em busca e resgate em estruturas colapsadas.
TRIBUNA

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.