PM prende três membros do PCC suspeitos de vários homicídios em Araguaína



BRIGA DE FACÇÕES

PM prende três membros do PCC suspeitos de vários homicídios em Araguaína


Carro vermelho usado nos crimes

Carro vermelho usado nos crimes / Foto: AF Notícias
Segundo a PM, os homicídios estavam sendo motivados por conflito entre facções rivais. 
AFNOTÍCIAS
Após denúncia, a Polícia Militar apreendeu na manhã desta segunda-feira (31) três membros da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) suspeitos de praticarem pelo menos dois homicídios em Araguaína nas últimas semanas. Todos são adolescentes com ficha criminal.
O grupo ficou conhecido como 'homens do carro vermelho' devido aos crimes terem sido praticados usando um veículo Sandero nessas características. Segundo a PM, os homicídios foram motivados por conflito entre facções rivais. O veículo é clonado e tem placa de Paraíso do Tocantins. 
Os três suspeitos foram presos com arma de fogo artesanal numa residência localizada na Rua Astolfo Leão Borges, no Setor Nova Araguaína. 
Segundo a PM, os adolescentes confessaram dois homicídios recentes nos setores Araguaína Sul e Maracanã. O veículo pertence ao PCC e seria utilizado apenas para esse tipo de ação criminosa. As armas ficam com os chefes da facção. 
A polícia também apreendeu celulares e encontrou áudios com ordens para cometer crimes, inclusive partindo de dentro do Presídio Barra da Grota. 
CRIMES
O grupo é suspeito de executar a tiros o ex-presidiário Lucas Marcos da Silva, de 23 anos, na véspera de natal no bar da própria mãe da vítima no setor Araguaína Sul. Testemunhas relataram que havia quatro homens dentro de um veículo vermelho.
Eles também teriam matado o adolescente Bruno de Almeida Silva, de apenas 13 anos, na última sexta-feira (28), na rua Beija-Flor do setor Maracanã. O garoto completaria 14 anos neste domingo (30 de dezembro). O primo da vítima também relatou que viu quatro homens dentro de um veículo vermelho. 
Grupo estava no Setor Nova Araguaína
Grupo estava no Setor Nova Araguaína / Foto: AF Notícias
Polícia encontrou vários documentos de vítimas na residência
Polícia encontrou vários documentos de vítimas na residência / Foto: AF Notícias

AFNOTÍCIAS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.