Juíza desafia Gilmar Mendes e diz que vai sentenciar ação contra Paulo Preto



Juíza desafia Gilmar Mendes e diz que vai sentenciar ação contra Paulo Preto

FORUM


No último dia 13, Gilmar decidiu que a juíza Maria Isabel do Prado deveria anular a fase de alegações finais do processo, que retardaria o julgamento, dando tempo para prescrição da ação. Em comunicado ao STF, magistrada informou que trâmites foram concluídos
A juíza Maria Isabel do Prado, da 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo, desafiou determinação do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), para que sejam refeitas algumas etapas de um processo contra o ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto.
Em informação à Corte, a magistrada informou que todas as fases desse processo já foram concluídas e que a ação está pronta para ter uma sentença. A informação é do jornalista Dimitrius Dantas, na edição desta quinta-feira (28) do jornal O Globo.
O Ministério Público Federal (MPF) defende que, após prestar essas informações ao STF, a juíza termine o julgamento e dê a sentença o mais rápido possível. Os procuradores temem que, caso a determinação de Gilmar Mendes seja seguida, as denúncias contra Paulo Preto prescrevam em 7 de março, quando o ex-diretor da Dersa completa 70 anos.
Em 13 de fevereiro, Gilmar decidiu que a juíza Maria Isabel deveria anular a fase de alegações finais do processo, a última etapa de uma ação judicial, e permitir a produção de provas pela defesa. Na prática, a decisão de Gilmar adia a decisão da Justiça, já que essas etapas devem levar mais do que os oito dias que faltam para a prescrição do caso.

FORUM


Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.