líder do PSL propõe extinção do Fundo Eleitoral



líder do PSL propõe extinção do Fundo Eleitoral

DCM    24/02/2019

Major Olímpio quer o dinheiro em forma de recursos para emendas parlamentares. Foto: Agência Brasil/EBC

Na semana em que um ministro foi demitido e outro está ameaçado de ter o mesmo fim por causa de um esquema de candidaturas de laranjas do PSL, o líder o partido no Senado, Major Olímpio (SP), apresentou um projeto de lei que propõe a extinção do fundo especial de financiamento de campanha.
O fundo eleitoral, como é mais conhecido, foi usado para abastecer as candidaturas sob suspeita.
Atualmente, as campanhas políticas são financiadas por recursos deste fundo, do fundo partidário e de doações de pessoas físicas.
Ao justificar a proposta, Olímpio argumenta que o fundo, criado em 2017, retira recursos que seriam destinados a emendas parlamentares, dinheiro usado por deputados e senadores para fazer obras em seus redutos eleitorais.
“Ora, não nos parece razoável, nem moral que as verbas que seriam objetos de emendas parlamentares que iriam ter como destinação a educação, segurança pública e a saúde brasileira sejam utilizadas para o financiamento de campanhas eleitorais”, afirmou no projeto.
“Desde a época que foi aprovado este fundo, eu, já nos debates, me posicionei contrário, votei contrário ao fundo. Resolvi materializar no projeto. Não consultei a direção nacional do partido nem as pessoas do partido. É uma iniciativa minha”, disse o senador à Folha.
DCM

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.