Aposentado tem benefício interrompido por constar como morto no INSS

Aposentado tem benefício interrompido 

por constar como morto no INSS

MIX VALE

Pis Pasep INSS Previdência Social Abono Salarial Benefício

Aposentado tem benefício interrompido por constar como morto no INSS. Por dois meses, o aposentado Antônio Pereira dos Santos, de General Câmara, a 80 km de Porto Alegre, ficou sem receber o benefício, pois foi considerado morto pela agência do INSS. "Me senti, sei lá, arrasado. Eu estava vivo e sem dinheiro", afirma o homem.

A aposentadoria, de R$ 998, fez falta, como conta Antônio. Para não atrasar as contas, precisou contar com a ajuda de parentes.
Na tarde desta quarta-feira (20), o INSS informou que a aposentadoria foi cancelada porque ele tem o mesmo nome e data de nascimento de outro segurado, que morreu. Segundo o instituto, o benefício foi reativado e os valores referentes a janeiro e fevereiro já estão disponíveis para saque. O pagamento de março vai obedecer o calendário normal da instituição.
Antônio conta que foi duas vezes até a agência, para atestar que estava vivo. Lá, chegou a receber o documento que provava que ele tinha tido o benefício cessado pelo sistema de óbitos.
[yuzo_related]
O INSS avisou que a morte havia sido em 2013. Ou seja, durante cinco anos, teria recebido a aposentadoria sem estar vivo.
Antonio garante que o engano não ocorreu por falta de atualização do cadastro na Previdência. Diz que faz todos os anos a chamada prova de vida junto ao INSS.
"É bem estranho, né? Alguém cometeu um erro muito grande em dois momentos. No momento que registrou óbito dele em 2013 e no momento que cancelou esse pagamento sem confirmar que era realmente ele", diz a advogada de Antônio, Cristiane Reichel de Bortolli. Fonte G1
MIX VALE

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.