Parceiros ou ex cometem 71% dos feminicídios e das tentativas

Parceiros ou ex cometem 71% dos feminicídios e das tentativas
Camila Rodrigues da Silva, do UOL
08/03/2019

Hoje é celebrado o Dia Internacional da Mulher, data que tem sido usada para refletir ainda mais sobre a desigualdade de gênero e a violência contra as mulheres. Somente em janeiro deste ano, 179 mulheres foram vítimas fatais ou sobreviveram a uma tentativa de feminicídio no Brasil, uma média de seis crimes por dia. Entre os suspeitos, 71% são parceiros ou ex-parceiros, segundo levantamento feito pela Folha de S.Paulo.

A reportagem também apurou sobre os dados do ano passado junto às secretarias de Segurança, mas, das 27 unidades federativas, 12 não responderam. De acordo com as informações obtidas, foram registradas 2.159 tentativas de assassinatos de mulheres em 2018 -- e algumas das sobreviventes contaram suas histórias de abusos que antecederam os ataques. 


O inconformismo com o fim do relacionamento aparece entre os motivos mais citados para a agressão (18%), logo atrás de brigas, ciúmes ou suposta traição (25%).


Essa violência e, paralelamente, as conquistas recentes das mulheres brasileiras são temas do balanço de um ano de criação do Universa. O portal também apontou um futuro de esperança com a matéria que entrevistou cinco meninas, de 12 a 18 anos, que conheceram o feminismo bem novinhas. Oriundas de contextos socioeconômicos diferentes, elas têm em comum a perspectiva de se desenvolverem com maior autoestima e mais liberdade do que as mulheres de outras gerações.


UOL

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.