'Pegou no meu cabelo e saiu puxando', diz catadora de sucata espancada em Serrana, SP

'Pegou no meu cabelo e saiu puxando', diz catadora de sucata espancada em Serrana, SP
G1

A catadora de sucata Talita Soares de Oliveira, de Serrana (SP) — Foto: Reprodução/EPTV

Talita Soares de Oliveira, de 33 anos, foi agredida e arrastada pelas ruas da cidade enquanto catava latinhas na quarta-feira (20). Violência foi gravada por câmeras de segurança.
Por EPTV 1
23/03/2019

A catadora de sucata Talita Soares de Oliveira, de 33 anos, ainda se recupera dos ferimentos e das dores pelo corpo após ter sido espancada e arrastada pelas ruas de Serrana (SP) esta semana.


Em casa, a vítima relatou à EPTV, afiliada da TV Globo, a violência com que o agressor a surpreendeu enquanto ela catava latinhas na rua na madrugada da última quarta-feira (20).


As cenas foram registradas por câmeras de segurança. "Ele só pegou no meu cabelo e saiu me puxando", afirma Talita.


A catadora de sucata Talita Soares de Oliveira, de Serrana (SP) — Foto: Reprodução/EPTV


Ela conseguiu sair correndo e pedir ajuda ao funcionário de um posto de combustíveis até ser socorrida.


O caso é investigado pela Polícia Civil, que procura o suspeito. As autoridades também aguardam o resultado de um exame do Instituto Médico Legal (IML).


Os familiares pedem justiça. "Tenho medo por ela e por outras pessoas também, ele pode fazer mais vítimas. Do jeito que ele fez com ela ele pode fazer com outras pessoas", afirma a mãe de Talita, Maria Aparecida Soares.


Talita conta que ia embora para casa e recolhia latinhas pelo caminho quando foi abordada por um desconhecido, que aparentava ser jovem.

G1

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.