Caçador morre pisoteado por elefante e é devorado por leões na África do Sul

Caçador morre pisoteado por elefante e é devorado por leões na África do Sul



Os leões deixaram apenas o crânio do caçador e uma calça dele, dizem as autoridades

Um caçador ilegal morreu pisoteado por um elefante e seu corpo foi devorado por leões na África do Sul. O caso foi informado na última sexta-feira (5) pelos administradores do Parque Nacional Kruger, próximo à fronteira com Moçambique.
Segundo o comunicado, cinco caçadores ilegais entraram no parque com o objetivo de caçar rinocerontes. Um elefante “de repente” atacou o suposto caçador, matando-o. E “seus cúmplices alegaram ter levado seu corpo para a estrada para que o corpo pudesse ser encontrado pela manhã. Eles então desapareceram do Parque”, disse a polícia.
Os caçadores que estavam com a vítima informaram à família que ele havia sido morto pelo elefante. Os familiares entraram com contato com a administração do parque, que fez as buscas pelo corpo.
Os restos de um corpo foram descobertos na quinta-feira. Indícios encontrados na cena sugerem que um bando de leões devorou o corpo, deixando apenas um crânio humano e uma calça. A polícia de Skukuza foi notificada imediatamente e atualmente está investigando o incidente.
TERRA

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.