Crise na Venezuela já fez cinco mortos, denuncia ONU

Crise na Venezuela já fez cinco mortos, denuncia ONU
Camila Rodrigues da Silva, do UOL

A madrugada foi agitada em relação à crise da Venezuela. O alto comissariado da ONU para Direitos Humanos informa que cinco pessoas já foram mortas como resultado dos conflitos dos últimos três dias. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (3), em Genebra.

No fim da noite de quinta (2), o autointitulado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, reconhecido por mais de 50 nações, voltou a chamar uma "greve ou protesto social" para a próxima semana próxima, após a tentativa fracassada de derrubar Maduro.

Enquanto isso, o líder do partido Vontade Popular (VP), Leopoldo López, afirmou em entrevista exclusiva à Agência EFE que a intervenção militar na Venezuela é uma opção que ainda está presente entre a oposição ao governo de Nicolás Maduro, por se tratar de uma alternativa legal que contempla a Constituição.

TERRA

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.