Por decisão unânime do STJ, Temer deixa novamente a prisão preventiva

Por decisão unânime do STJ, Temer deixa novamente a prisão preventiva
Bruno Aragaki, do UOL
09.mai.2019 - O ex-presidente Michel Temer realiza exame de corpo de delito no IML Central em São Paulo

Após cinco noites na prisão, o ex-presidente Michel Temer (MDB) deverá ser novamente solto. Nesta tarde, quatro ministros do STJ (Superior Tribunal de Justiça) atenderam pedido da defesa, que questionava a prisão preventiva -- sem prazo.

A decisão beneficia também João Baptista Lima Filho, o coronel Lima. Temer é acusado de liderar uma organização criminosa que desviava recursos públicos, e Lima é apontado como braço direito do ex-presidente no esquema.

No fim de março, Temer e Coronel Lima haviam sido presos e soltos quatro dias depois. No pedido de prisão preventiva, o juiz Marcelo Bretas, da Lava Jato no Rio, disse que os investigados compunham uma "organização criminosa em plena operação".
Temer é ainda réu em outros cinco processos.

UOL

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.