JAPÃO REALIZA PRIMEIRA PESCA COMERCIAL DE BALEIAS APÓS 30 ANOS

JAPÃO REALIZA PRIMEIRA PESCA COMERCIAL DE BALEIAS APÓS 30 ANOS

HARD CORE

Caça do animal foi liberada em recente acordo feito com o Ministério da Pesca do país. Limite de caça é de 227 baleias.
Por Redação HC

Na última segunda-feira, 1º de julho, barcos pesqueiros japoneses saíram para caçar baleias depois de 30 anos. O primeiro exemplar do animal foi capturado ontem e possuía cerca de oito metros.
A prática estava proibida no Japão desde 1986, por conta de uma decisão da Comissão Internacional de Pesca à Baleia. Após anos de campanha do primeiro-ministro Shinzo Abe a favor da pesca de baleias, o Japão se retirou, em dezembro, da Comissão. Segundo o divulgado, o Ministério da Pesca estabeleceu o limite de 227 baleias a serem caçadas comercialmente na temporada de 2019.


Japão já caçava baleias com a justificativa de utilizar o corpo do animal para pesquisas (Foto:Kyodo News/AP/2018)

Entre 1986 e 2019, a prática foi permitida no Japão apenas para fins de pesquisas. No entanto, diversas organizações internacionais criticavam o país, afirmando que esse era um disfarce para a pesca comercial, já que a carne de baleias caçadas para pesquisa acabava chegando às lojas e restaurantes.
Nicola Beynon, da Humane Society International,  ressalta que um dos motivos do Japão ter ficado 30 anos sem pescar baleias foi justamente pela eminente extinção dos animais que passava a se tornar real: “esse é um dia triste para a proteção global às baleias. A palavra ‘pesquisa’ pode ter sido removida dos navios de pesca, finalmente acabando com a charada japonesa de arpoar baleias sob o pretexto da ciência, mas essas magníficas criaturas seguirão sendo abatidas sem nenhuma razão legitima”.
Os defensores da prática, por outro lado, defendem a pesca como uma tradição que faz parte da cultura local. “A retomada da pesca comercial era um desejo ardente dos baleeiros espalhados pelo país. Essa cultura será passada para a próxima geração”, comemorou Shigeto Hase, diretor da Agência de Pescaria local, segundo a BBC.

HARD CORE

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.