Moro pede que PGR investigue presidente da OAB por calúnia



08/08/2019
Moro pede que PGR investigue presidente da OAB por calúnia
BAHIA.BA
Foto: Reprodução/Twitter
Ministro da Justiça diz que Felipe Santa Cruz fez declarações que podem caracterizar crimes contra sua honra

O ministro da Justiça, Sergio Moro, pediu à Procuradoria-Geral da República que investigue o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Felipe Santa Cruz, por suposto crime de calúnia.
Segundo o portal UOL, Moro diz no documento que Santa Cruz fez declarações que podem caracterizar crimes contra sua honra e pede que “sejam as condutas apuradas e promovida a responsabilização criminal cabível”.
Nos ofícios encaminhados à PGR, o ministro argumenta que, após análise, “a conduta do ofensor reúne elementos aptos ao enquadramento nos tipos penais de calúnia, injúria e difamação, com o que estou de acordo, além de consignar que o teor da manifestação repercutiu, efetivamente, sobre a minha honra subjetiva”.
Ele protocolou a representação com base em uma entrevista do advogado à jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo. Santa Cruz disse, em reportagem publicada no dia 26 de julho, que Moro “usa o cargo, aniquila a independência da Polícia Federal e ainda banca o chefe de quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas”.
No dia anterior, a Folha havia revelado que Moro telefonou para autoridades que teriam sido alvo de hackers presos e avisou que as mensagens das pessoas seriam destruídas em nome da privacidade. Depois, o ministro afirmou que jamais teria falado em destruição de provas.
BAHIA.BA

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.