Supremo arquiva todos os pedidos de suspeição de ministros, aponta estudo

Supremo arquiva todos os pedidos de suspeição de ministros, aponta estudo
Thiago Fernandes, do UOL

O STF arquivou todos os pedidos de impedimento ou suspeição feitos e já analisados contra seus ministros em mais de três décadas, além de ter violado seu regimento em ações sobre imparcialidade, segundo pesquisa da FGV Direito SP, mostra reportagem da Folha nesta segunda-feira.
Pesquisadores do Supremo em Pauta, projeto da Fundação Getúlio Vargas, analisaram durante dois anos as chamadas arguições de impedimento ou suspeição -processos que levantam dúvidas sobre a isenção de um magistrado.
O artigo "Fora dos Holofotes: estudo empírico sobre o controle da imparcialidade dos ministros do STF" tratou de 111 ações até outubro de 2018 -o julgamento de apenas uma delas ainda não foi finalizado.
O estudo foi feito com base em processos apresentados desde 1988, ano de promulgação da Constituição. Procurado, o Supremo não respondeu sobre as conclusões.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.